quarta-feira, 27 de maio de 2009

Cooperemos Fielmente


"Pois somos cooperadores de Deus."
Paulo (I Coríntios, 3:9.).

O Pai é o Supremo Criador da Vida, mas o homem pode ser fiel cooperador dEle.
Deus visita a criatura pela própria criatura.

Almas cerradas sobre si mesmas declarar-se-ão incapazes de serviços nobres; afirmar-se-ão empobrecidas ou incompetentes.

Há companheiros que atingem o disparate de se proclamarem tão pecadores e tão maus que se sentem inabilitados a qualquer espécie de concurso sadio na obra cristã, como se os devedores e os ignorantes não necessitassem trabalhar na própria melhoria.

As portas da colaboração com o divino amor, porém, permanecem constantemente abertas e qualquer homem de mediana razão pode identificar a chamada para o serviço divino.
Cultivemos o bem, eliminando o mal.

Façamos luz onde a treva domine.
Conduzamos harmonia às zonas em discórdia.
Ajudemos a ignorância com o esclarecimento fraterno.
Seja o amor ao próximo nossa base essencial em toda construção no caminho evolutivo.

Até agora, temos sido pesados à economia da vida.
Filhos perdulários, ante o Orçamento Divino, temos despendido preciosas energias em numerosas existências, desviando-as para o terreno escuro das retificações difíceis ou do cárcere expiatório.

Ao que nos parece, portanto, segundo os conhecimentos que possuímos, por "acréscimo de misericórdia", já é tempo de cooperarmos fielmente com Deus, no desempenho de nossa tarefa humilde.
* * *

Xavier, Francisco Cândido.
Da obra: Vinha de Luz.
Ditado pelo Espírito Emmanuel.
Lição 48. Edição Internet baseada na 14a edição.

terça-feira, 12 de maio de 2009

Homenagem às mães com crianças da Evangelização




Evangelizadores, trabalhadores do CEMIL e crianças fizeram uma homenagem às mães dos alunos da Evangelização Infantil do centro.  O grupo visitou no domingo (10) pela manhã as casas das mães com presentes, bolo, mensagem e música ao vivo. Foi um momento rico de emoções e sentimento fraterno entre todos.







domingo, 10 de maio de 2009

Mensagens para reflexão



Com este poema homenageamos em Maria de Nazaré todas as mães. 
PARABÉNS e UM FELIZ DIA DAS MÃES.
 
MATER 

Ei-la!...- senhora e serva, entre humana e divina,

Por mais a dor, por dentro, a espanque ou despedace,

Carreia a paz no gesto e o sorriso na face,

Fala e desvenda o rumo, abençoa e ilumina.


Anjo renovador, tem no lar a oficina,

Onde o serviço exclui todo prazer mendace,

Ao seu toque de luz, a esperança renasce,

Suporta, recompõe, trabalha, sofre, ensina.


Mãe, um dia, quis Deus mostrar-se à vida humana,

Fez-te santa e mulher, escrava e soberana,

Vinculada nos Céus, de homenagens prescendes!...


Deus se revela em ti, no amor alto e perfeito,

Por isso, trazes, Mãe, nos recessos do peito,

A ternura sem par e a bondade sem lindes.


Autor:Carlos Bittencourt 
Psicografia do Médium: Francisco Cândido Xavier
(Do livro “Poetas Redivivos”, de diversos Espíritos, psicografado pelo médium Francisco Cândido Xavier, cap. 65, 3ª ed. Feb)
Related Posts with Thumbnails

IMAGENS DE TUPARETAMA